Diga não a Violência



Campanha “Em defesa da Vida”
Enfoque: Diga não a Violência
Equilíbrio e desequilíbrio da vida em família e em sociedade
“O Movimento Espírita tem oferecido, através de cursos e encontros, grandes oportunidades para discussão de problemas relacionados á família, desde os mais simples até os mais complexos - Nessas discussões, ou melhor, nesse processo de socialização, os componentes das famílias trocam experiências, dividindo suas dúvidas, multiplicando sua capacidade para bem conviver. Os argumentos que a Doutrina oferece são convincentes, porque analisam problemas numa relação de causa e efeito, à luz da reencarnação.”
Violência: Constrangimento físico e moral. Uso da força; coação.
Violento:É aquele que age com ímpeto; impetuoso. Que faz uso da força bruta
Equilíbrio: Estabilidade mental e emocional. Moderação, prudência, autocontrole.
Desequilíbrio: Anomalia psíquica, que se caracteriza, essencialmente, pela variabilidade de humor, emotividade excessiva e instabilidade geral que leva a inadaptação social.
Família: Pessoas aparentadas, que vivem, em geral, na mesma casa, particularmente, o pai, a mãe e os filhos.
Sociedade: Relação entre pessoas; vida em grupo; participação, convivência, comunicação.
Família na visão espírita
“A família é o laboratório de vivências das mais expressivas de que necessita o ser humano.”
Joanna de Ângelis
Sermão da Montanha Mateus 5:4 e 9
Bem-aventurados os mansos porque herdarão a Terra;
Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados de filhos de Deus.
A nova Lei é superior que a antiga
A Lei Nova
Ouvistes o que foi dito aos antigos: Não matarás; aquele que matar terá de responder no tribunal. Eu, porém, vos digo: todo aquele que se encolerizar contra seu irmão, terá de responder no tribunal; aquele que chamar ao seu irmão de ‘Cretino!’ estará sujeito ao julgamento do  conselho; aquele que lhe chamar ‘renegado’ será condenado ao fogo do inferno.
 Mateus 5: 21 e 22
A Lei Antiga
  1. Eu sou o Senhor, vosso Deus, que vos tirei do Egito, da casa da servidão. Não tereis outros deuses estrangeiros diante de mim. ..
  2. Não tomeis em vão o nome do Senhor vosso Deus.
  3. Lembrai-vos de santificar o dia de Sábado.
  4. Honrai o vosso pai e vossa mãe, a fim de viverdes longo tempo na Terra, que o Senhor vosso Deus vos dará.
  5. Não matareis.
  6. Não cometereis adultério.
  7. Não furtareis.
  8. Não prestareis falso testemunho contra vosso  próximo.
  9. Não desejareis a mulher do vosso próximo.
  10. Não desejareis a  casa do vosso próximo, nem seu servidor, nem serva, nem seu boi, nem seu asno, nem nenhuma de todas as coisas que lhe pertencem.
Êxodo 20: 1 a 1


O Livro dos Espíritos – Allan Kardec
132 – Qual o objetivo da encarnação? L.E.
“Deus lhes impõe encarnação com o fim de fazê-los chegar à perfeição. Para uns, é expiação; para outros missão. Mas, para alcançarem essa perfeição, tem que sofrer todas as vicissitudes da existência corporal: nisso que está a expiação. Visa ainda outro fim a encarnação: o de pôr o Espírito em condições de suportar a parte que lhe toca na obra da criação....”
167 – Qual o fim objetivado com a reencarnação?
“Expiação, melhoramento progressivo da Humanidade. “
Evangelho Segundo Mateus 5:4,9,21 e 22
Bem-aventurados aqueles que são brandos, porque eles possuirão a Terra.Bem-aventurados os pacíficos, porque eles serão chamados filhos de Deus.Aprendestes o que foi dito aos Antigos: Não matareis, e todo aquele que matar merecerá ser condenado pelo julgamento. Mas eu vos digo que todo aquele que se encolerizar contra seu irmão merecerá ser condenado pelo julgamento; que aquele que se disser ao seu irmão Racca, merecerá ser condenado pelo conselho; e que aquele que lhe disser: sois louco, merecerá ser condenado ao fogo do inferno.
“Por essas máximas, Jesus faz da doçura, da moderação, da mansuetude, da afabilidade e da paciência uma Lei.”
ESE,cap. IX/Allan Kardec
A Cólera
O orgulho vos induz a julgar-vos mais do que sois; a não suportardes uma comparação que vos possa rebaixar; a vos considerardes, ao contrário, tão acima dos vossos irmãos, quer em espírito, quer em posição social, quer  mesmo em vantagens pessoais, que o menor paralelo vos irrita e aborrece. Que sucede então? – Entregai-vos à cólera.

Em seu frenesi, o homem colérico a tudo se atira: à natureza bruta, aos objetos  inanimados, quebrando-os porque lhe não obedecem. Ah! se nesses momentos pudesse ele observar-se a sangue-frio, ou teria medo de si próprio, ou bem ridículo se acharia! Imagine ele por aí que impressão produzirá nos outros. Quando não fosse pelo respeito que deve a si mesmo, cumpria-lhe esforçar-se por vencer um pendor que o torna objeto de piedade.
Se ponderasse que a cólera a nada remedeia, que lhe altera a saúde e compromete até a vida, reconheceria ser ele próprio a sua primeira vítima. Mas, outra consideração, sobretudo, deverá contê-lo, a de que torna infelizes todos os que o cercam. Se tem coração, não lhe será motivo de remorso fazer que sofram os entes a quem mais ama? E que pesar mortal se, num acesso de fúria, praticasse um ato que houvesse de deplorar toda a sua vida!

Ò  Fácil é o entusiasmo do primeiro impulso...
Ò  Comum é o desencanto da terceira hora...
     Ao lado de alguém que nos subestima ...

PACIÊNCIA
 
     Entre as dores que nos chegam ...
     Ante ao rebelde que nos atormenta...

Joanna de Ângelis/Convite a
Paciência

“Guardar o silêncio, quando preciso, mas falar sempre que necessário, a desfazer enganos e a limpar raciocínios, entendendo, porém, que Jesus não nos confiou a verdade para transformá-la numa pedra sobre o crânio alheio e sim num clarão que oriente aos outros e alumine a nós.”
Emmanuel/Livro da Esperança

A prudência é atitude de sabedoria.
Ò  Prudência no falar,
Ò  Prudência no agir,
Ò  Prudência quando pensar.
Pensar refletindo predispõe a ouvir,  acostumando a ver, criando o hábito de ponderar para então, chegar às legítimas conclusões em torno dos veros problemas da vida.
Convite a Paciência
Encetada a jornada do bem, haja o que haja, insiste e persevera. Não desfaleças na fé. Resigna-te por hoje, recordando que amanhã tudo se modificará. Se estiveres sob o jugo das dores e padecimentos, ingratidões e perseguições injustos, serão injustos somente na aparência, pois o que procedem do teu ontem, em regime de cobrança, para melhor estabilidade do teu amanhã.
Convite a Resignação
Encetada a jornada do bem, haja o que haja, insiste e persevera. Não desfaleças na fé. Resigna-te por hoje, recordando que amanhã tudo se modificará. Se estiveres sob o jugo das dores e padecimentos, ingratidões e perseguições injustos, serão injustos somente na aparência, pois o que procedem do teu ontem, em regime de cobrança, para melhor estabilidade do teu amanhã.

“A palavra família reaviva em nós as sensações de segurança e aconchego, tal a importância do grupo familiar com estrutura capaz de nos sustentar nas lutas da vida.”
Fonte: “O melhor é viver em família” 

Fontes de consultas:O Evangelho Segundo o Espiritismo, O Livro da Esperança, O Sermão da Montanha, O Livro dos Espíritos, Convites da Vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar. É uma enorme alegria tê-lo aqui! Abraço!