A Rosa



Um certo homem plantou uma rosa e regou-a convincentemente, e antes de desabrochar, ele examinou-a. Ele viu o rebento que iria florir em breve e também os espinhos.

E pensou, "Como pode uma flor bonita vir de uma planta carregada de tantos espinhos?"...

Entristecido por este pensamento, ele deixou de regar a rosa, e antes de estar pronta a florir, ela morreu.

Assim se passa com muitas pessoas. Dentro de cada alma está uma rosa. As qualidades Divinas plantadas em nós à nascença crescem entre os espinhos dos nossos defeitos.

Muitos de nós nos analisamos e só vemos os espinhos, os defeitos. Desesperamos, pensando que nada de bom poderá possivelmente sair de nós. Negligenciamos a rega do que há de bom dentro de nós, e eventualmente isso morre.

Nunca nos chegamos a perceber o nosso potencial. Algumas pessoas não vêem a rosa dentro delas próprias; é preciso alguém lhes mostrar.

Uma das maiores bênçãos que uma pessoa pode possuir, é ser capaz de passar pelos espinhos e encontrar a rosa dentro dos outros.



Esta é a característica do amor, olhar para alguém, e sabendo dos seus defeitos, reconhecer a notabilidade da sua alma, e ajudá-lo a perceber que consegue ultrapassar os seus defeitos.

Se lhe mostrarmos a rosa, ela vencerá os espinhos. Então ela florescerá, com trinta, sessenta ou cem pétalas, conforme lhe tenha sido dado.

O nosso dever neste mundo é ajudar os outros mostrando-lhes as suas rosas e não os seus espinhos. Somente então atingiremos o amor que devemos sentir pelo próximo; somente então podemos florir no nosso próprio jardim.

"Acima de tudo, na vida, temos necessidade de alguém que nos obrigue a realizar aquilo de que somos capazes. É este o papel da amizade.

Ralph Waldo Emerson

Fonte: www.bliblio.com.br

Nunca desanime perante as dificuldades, Deus, nosso Pai, nunca dá fardo pesado demais ao qual não consigamos carregar. Se nos deu, é porque sabe ele que podemos. Confiemos em e sejamos homens de muita fé, observando as nossas rosas de sabedoria, astúcia, honestidade, amor, esforço, humildade que já temos regado nessa nossa alma com virtudes. Fomos feitos simples e ignorantes. Isto é sem qualidades e sem conhecimento. Depois de milênios na obscuridade no instinto temos hoje a razão a nos governar. Façamos bom uso desta dádiva e a coloquemos em uso em prol de nós mesmos e de tantos quantos forem aqueles que estiverem ao nosso lado.

Um forte abraço com muito amor! 
Gianete Rocha

5 comentários:

  1. Gi minha querida...um belo texto que retrata muito bem nossas vidas.
    Somos rosas e espinhos...cuidemos com muito empenho de nossa porção rosa, busquemos nosso desenvolvimento e florescimento...aparemos nossos espinhos, nossos defeitos...trabalhando pelo Bem, pela Paz, pelo Amor para conosco e para com todos que nos cercam.
    Cuidemos para que haja o florescer de cada um que venha a nós...tenhamos sempre boas palavras, mas sejamos ainda mais, exemplos vivos de Amor. O Amor transforma tudo.
    Tenha uma linda semana...
    Beijos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  2. Oi Gianete,
    Muito lindo essa reflexão.
    Abraços, muitos.

    ResponderExcluir
  3. Anjo Amiga!!

    Tem uma frase que diz: "A vida é um mar de rosas. Precisamos apenas nos desviar dos espinhos."
    Sim, a vida é bela, mesmo com espinhos pois, em realidade são eles que nos estimulam a inteligência e a força de vontade de tudo superar para se viver bem. Naturalmente o bem, aqui, é desenvolvermos atividades intelectuais e morais no bem.

    Anjo, um beijo, de coração e que possas ter uma semana de muita luz!!!

    Beijo,
    Jorge

    ResponderExcluir
  4. Meus amados irmãos em Cristo Jesus, obrigado pelo carinho! Para todos uma semana iluminada, cheia de paz, saúde e harmonia com um toque do perfume das rosas! Um beijo!

    ResponderExcluir
  5. Querida, se assim posso chama-la, lindo o texto.

    Parabéns!!

    Bjs

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar. É uma enorme alegria tê-lo aqui! Abraço!