A Paz

conspazg.jpg

“Reflete na importância de tua própria imortalidade e recorda, onde estejas, que a paz de teu ambiente começa  invariavelmente de ti.”

Emmanuel

Todos os seres humanos desejam e anseiam paz.

Paz interior que promova a felicidade própria em qualquer lugar onde esteja ou em qualquer situação em que se encontre a criatura humana.

Paz mundial gerada pelo entendimento e fraternidade entre todas as nações, facultando progresso ao planeta Terra e alegrias aos seus habitantes.

Entretanto, e apesar de já existir a conscientização sobre a necessidade da paz, o cenário mundial se nos mostra carregado de guerras e envolvido em conflitos de toda ordem.

Questão 886 de o Livro dos Espíritos.

Qual o verdadeiro sentido da palavra caridade, como a entendia Jesus?

“Benevolência para com todos, indulgência para as imperfeições dos outros, perdão das ofensas.”

caridade2.jpg

Questão 918. Por que indícios se pode reconhecer em um homem o progresso real que lhe elevará o espírito na hierarquia espírita?

“O Espírito prova a sua elevação, quando todos os atos de sua vida corporal representam a prática da lei de Deus e quando antecipadamente compreende a vida espiritual.”

Comentário de Allan Kardec à questão 930.

“Com uma organização social criteriosa e previdente, ao homem só pode por culpa sua pode faltar o necessário. Porém, suas próprias faltas são freqüentemente resultado do meio onde se acha colocado. Quando praticar a lei de Deus, terá uma ordem social fundada na justiça e na solidariedade e ele próprio também será melhor.”

Questão 1018. Em que sentido se devem entender estas palavras do Cristo: Meu reino não é deste mundo?

“Respondendo assim, o Cristo falava em sentido figurado. Queria dizer que o seu reinado se exerce unicamente corações puros e desinteressados. Ele está onde quer que domine o amor do bem. Ávidos, porém, das coisas deste mundo e apegados aos bens da Terra, os homens com ele não estão.”

ama vosso próximo.gif

Conclusão V

“(...) Três períodos distintos apresenta o desenvolvimento dessas idéias: primeiro o da curiosidade, que a singularidade dos fenômenos produzidos desperta, segundo, o do raciocínio e da filosofia; terceiro, o da aplicação e das conseqüências. (...)”

  1. – O verdadeiro homem de bem é o que cumpre a lei de justiça, de amor e de caridade, na sua maior pureza. (...) “(Cap.XVII – item 3)
  2. – “(...) Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral, e pelos esforços que emprega para domar inclinações más. (...)” (Cap. XVII – item 4)
  3. – “(...) Reconhecê-lo-eis pelos princípios da verdadeira caridade que eles ensinarão e praticarão. Reconhecê-los-eis pelo número de aflitos a que levem consolo; reconhecê-los-eis, pelo seu amor ao próximo, pela sua abnegação, pelo seu desinteresse pessoal; reconhecê-los-eis finalmente, pelo triunfo dos seus princípios, porque Deus quer o triunfo de Sua Lei; os que seguem Sua Lei, esses são escolhidos e Ele lhes dará a vitória. (...)” (Cap. XX – item 4)
  4. – “(...) Então, quando o campo estiver preparado, eu vos enviarei o Consolador, o Espírito da Verdade, que virá restabelecer todas as coisas, isto é, que, dando a conhecer o sentido verdadeiro das minhas palavras, que os homens mais esclarecidos poderão enfim compreender, porá termo à luta fratricida que desune os filhos do mesmo Deus. Cansados, afinal, de um combate sem resultado, que consigo traz unicamente a desolação e a perturbação até ao seio das famílias, reconhecerão os homens onde estão seus verdadeiros interesses, com relação a este mundo e ao outro. Verão de que lado estão os amigos e os inimigos da tranqüilidade deles. Todos então se porão sob a mesma bandeira; a da caridade, e as coisas serão restabelecidas na Terra, de acordo com a verdade e os princípios que vos tenho ensinado.” (Cap.XXIII – item 16)

(O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec, 1 edição especial FEB)

Texto retirado do Livro “Construamos a Paz Promovendo o Bem da Federação Espírita Brasileira (FEB) distribuição gratuita.

l


3 comentários:

  1. Excelente texto. Todos precisam de Paz. Dia 12.10 A América Medita, participe.
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Nós, espíritas, temos muito mais responsabilidade diante de Deus. Pois estudamos muito e sabemos das consequências de nossos atos e ações. Devemos praticar ao máximo os ensinamentos que Jesus nos trouxe há mais de 2000 anos, e assim, galgarmos mais um degrau na escala da evolução. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Olá Gianete,
    Adorei o texto e o blog de cara nova. Gostei muito, também, desse lindo rosto que apareceu.
    Abraços.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar. É uma enorme alegria tê-lo aqui! Abraço!