Sublime Recomendação


"Jesus, porém, não lhe permitiu, mas disse-lhe: Vai para tua casa, para os teus e anuncia-lhes quão grandes coisas o Senhor te fez, e como teve misericórdia de ti." (Marcos, 5:19)

Eminentemente expressiva a palavra de Jesus ao endemoniado que recupera o equilíbrio, ao toque de seu divino amor.

Assim como nós chegamos ao reequilíbrio, começando ver a verdade a vontade que temos e de sair e contar para todo mundo, todos aqueles que são nossos amigos, vizinhos, companheiros. Mostrar o reino de luz que Jesus nos proporcionou. Mas temos que conter nossas ansiedades, e tenho notícias de quantos e quantos tentaram levar para os seus as boas novas e não foram aceitos, considerados por fanáticos, ou que estão ficando "doido". - Você viu fulano? Agora vive falando daquelas coisas! Frequenta aquele lugar! O Espiritismo sempre nos alerta quanto ao discernimento, o amor ao próximo e o respeito que devemos ter ao estágio evolutivo de cada um. Quando Jesus manda que o endemoniado vá para casa e anuncia-lhes as quão grandes coisas que o Senhor lhe vez devemos entender assim: Vá para casa, e junto com os seus demonstra as grandes coisa, mas através do seu exemplo no silêncio diante das injúrias, nos momentos reservados para oração, no novo comportamento, na busca da compreensão da vida, dos fatos, de nós mesmos, busca o estudo para aprimoramento do seu espírito... Tanto podemos fazer dando nosso exemplo!! Daí um tempo, quanto tua vontade e esforço próprio for estabilizado dirão: Nossa fulano mudou mesmo? Veja como se estruturou, está mais forte? Que doutrina é essa que faz alguém mudar tão profundamente?
Essa fonte de água viva é para aqueles que já estão num estágio evolutivo um pouco mais a frente do que os outros. Esse pão espiritual poderá ser comido por aqueles que entendem realmente o sentido profundo dos ensinamentos de Jesus e como Zaqueu considerado um homem de má fé, mas que no silêncio ajudava aqueles que necessitavam.
Muita paz!

2 comentários:

Obrigado por comentar. É uma enorme alegria tê-lo aqui! Abraço!