Evangelho Segundo o Espiritismo


Ai daquele que diz : nunca perdoarei. Esse, se não for condenado pelos homens, selo-á por DEUS. Com que direito reclamaria ele o perdão de suas próprias faltas, se não perdoa as dos outros? Jesus nos ensina que a misericórdia não deve ter limites, quando diz que cada um perdoe a seu irmão, não sete vezes, mas setenta vezes sete.

Capítulo X, item 4 do Evangelho Segundo o Espiritismo

Um comentário:

  1. Querida! Estou aqui somente para agradecer a força e a linda iniciativa em nos apoiar neste momento tão difícil.
    Obrigada de coração, pela divulgação no seu Blog sobre o Thiago.
    Beijos grandes!
    Elida

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar. É uma enorme alegria tê-lo aqui! Abraço!