Parábola da Figueira Seca


Quando saíram de Betânia, ele teve fome; e vendo de longe uma figueira, foi ver se poderia nela encontrar alguma coisa, e tendo se aproximado, não encontrou senão folhas, porque não era tempo de figos. Então, Jesus disse à figueira: Que ninguém coma de ti nenhum fruto; o que seus discípulos ouviram. No dia seguinte, passando pela figueira, viram que ela havia se tornado seca até a raiz. E Pedro, lembrando-se das palavras de Jesus, lhe disse: Mestre, vede como a figueira que amaldiçoastes tornou-se seca. Jesus, tomando a palavra, lhe disse: Tende fé em Deus. Eu vô-lo digo em verdade, que todo aquele que disser a essa montanha: Tira-te daí e lança-te ao mar, e isso hesitar no coração, mas crendo firmemente que tudo o que houver dito acontecerá, ele o verá com efeito acontecer. (Marcos, cap. XI, v.12,13,14 e de 20 a 23)

A figueira seca é símbolo das pessoas que não têm senão as aparências do bem, mas em realidade não produzem nada de bom; oradores que têm mais brilho do que solidez; suas palavras têm o verniz da superfície; agradam aos ouvidos, mas quando perscrutadas, nelas não se encontra nada de substancial para o coração; depois de tê-las ouvido, pergunta-se qual proveito disso tirou.
É ainda o emblema de todas as pessoas que têm os meios de serem úteis e não o são; de todas as utopias, de todos os sistemas vazios, de todas as doutrinas sem base sólida. O que falta, na maioria das vezes, é a verdadeira fé, a fé fecunda, a fé que comove as fibras do coração, numa palavra, a fé que transporta montanhas. São árvores que têm folhas, mas não frutos; por isso, Jesus as condena à esterelidade, porque um dia virá em que estarão secas até a raiz; quer dizer que todos os sistemas, todas as doutrinas que não tiverem produzido nenhum bem à Humanidade, cairão no nada; que todos os homens voluntariamente inúteis, por falta de terem colocado em prática os recursos que tinham, serão tratados como figueira seca.

Evangelho Segundo o Espiritismo, cap.XIX, itens 8 e 9.
Imagem retirada do Site www.techs.com.br/meimei/evangelho/index.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar. É uma enorme alegria tê-lo aqui! Abraço!